DOENTE - Conto Humorístico de Ficção Científica - Ricardo Manzanaro

 


DOENTE

Ricardo Manzanaro

Tradução de Paulo Soriano

 

Alberto achava que tinha uma nova doença para acrescentar à sua coleção: a síndrome de ansiedade depressiva. Ele estava destroçado. Seu ânimo estava na altura da Fossa das Marianas.

Alberto não aguentava mais. O Destino, Deus ou algum alinhamento estelar o haviam condenado a uma vida de tortura. Ele terminaria mais cedo a contagem dos órgãos de seu corpo que ainda funcionavam adequadamente do que se o fizesse com aqueles que sofriam de alguma patologia. Sua vida era uma sucessão infinita de desconfortos.

Naquele instante, estava à frente de seu médico de família, a quem tratava como se fosse um parente. O rosto e o tom de voz de Alberto são o exemplo mais diáfano de desespero e cansaço. Ele não cessava de pronunciar a frase "não aguento mais". Por isso, naquele momento, pedia ao médico visitante para ser encaminhado a um psiquiatra.

Mas, quando o médico começou a falar, o conteúdo de suas palavras tomou um rumo muito diferente, causando uma grande surpresa a Alberto. Revelou ao paciente que havia uma nova solução para todos os seus problemas.

Oito meses depois, Alberto saía da sala de cirurgia totalmente renovado e com a convicção de que nunca mais teria nenhum problema médico ou biológico. Seu cérebro havia sido transferido para um corpo de robô de última geração.

Tão feliz ficou Alberto que não se deu conta um detalhe: havia duas porcas na região lombar que não se encaixavam muito bem.


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ALGUÉM NO MEU TELHADO - Conto de Terror - Cauê Costa

A MÁSCARA DA MORTE ESCARLATE - Conto de Terror - Edgar Allan Poe

O CORAÇÃO DELATOR. Conto clássico de terror. Edgar Allan Poe

A MÃO DO MACACO - Conto Clássico de Terror - W. W. Jacobs