Postagens

Postagem em destaque

ARSÈNE LUPIN E O MISTÉRIO DA TAPEÇARIA FURTADA - Conto de Mistério - Maurice Leblanc

Imagem
  ARSÈNE LUPIN E O MISTÉRIO DA TAPEÇARIA FURTADA Maurice Leblanc (1864 – 1941)   Há três anos, à chegada do trem vindo de Brest à estação de Rennes, encontraram demolida a porta de um vagão de carga fretado por um rico argentino, o coronel Sparmiento, que viajava com sua esposa no mesmo trem. O vagão violado transportava um opulento lote de tapeçarias. A caixa, que continha a mais valiosa peça, fora aberta e a tapeçaria desaparecera.   O coronel Sparmiento apresentou queixa contra a Companhia da Estrada de Ferro e reclamou indenização pelos prejuízos consideráveis que sofrera, pois a perda dessa peça diminuía em muito o valor da coleção. A polícia prometeu tomar providências. A companhia ofereceu um prêmio importante a quem descobrisse o objeto roubado. Duas semanas mais tarde, uma carta mal fechada, aberta “por acaso” na repartição dos Correios, revelou que o roubo fora efetuado sob a direção de Arsène Lupin e que um importante volume, muito suspeito, partiria na manhã segui

UM TEMPLO ASSOMBRADO NA PROVÍNCIA DE INABA - Conto Clássico de Terror - Richard Gordon Smith

Imagem
UM TEMPLO ASSOMBRADO NA PROVÍNCIA DE INABA Richard Gordon Smith (1858 – 1918) Tradução de Paulo Soriano   Por volta do ano de 1680, havia um antigo templo, erguido numa montanha deserta, coberta de pinheiros, nas proximidades da vila de Kisaichi, província de Inaba. Situava-se o templo numa ravina rochosa. As árvores eram tão altas e grossas que retinham toda a luz do dia, mesmo quando o sol estava a pino. Até onde ia a memória dos anciãos da aldeia, o templo era assombrado por um shito dama [1]  e pelo fantasma-esqueleto — assim pensavam — de algum antigo morador sacerdotal. Muitos sacerdotes tentaram viver no templo e dele fazer o seu lar, mas morreram todos. Ninguém podia passar uma noite ali e sair vivo. Finalmente, no inverno de 1701, chegou à Aldeia de Kisaichi um sacerdote que estava em peregrinação. Chamava-se Jorgen e era natural da província de Kai. Viera Jorgen conhecer o templo assombrado. Era um estudioso de coisas de tal natureza. Embora acreditasse na form