Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

HORROR ORIENTAL NA BIENAL DO RIO - Lua Bueno Cyríaco e Paulo Soriano

Imagem
HORROR ORIENTAL NA BIENAL DO RIO Lua Bueno Cyríaco e Paulo Soriano No mundo ocidental, tradicionalmente, as entidades fantasmagóricas, embora muitas vezes assustadoras, não são, necessariamente , maléficas. Antes, prendem-se à matéria em razão de alguma questão não solucionada em vida e se manifestam sob a forma de espectral aparição até que sejam libertadas do fadário opressor. Os entes sobrenaturais orientais, malgrado possam vagar no mundo em busca de uma libertação, são particularmente maléficos . São capazes de materializar-se e de impingir dor e sofrimento às pessoas vivas, e — mesmo — causar-lhes uma morte horrenda e cruel. Outras vezes, o espírito maligno volta energicamente ao corpo inanimado para, reanimada a carne deletéria, trazer morte e destruição aos circunstantes. A vingança devastadora não raramente amima o intento de um espírito que se vê atormentado pela quebra de uma solene promessa que lhe fora feita em vida. Mas não apenas espíritos humanos povoa

A CASA DAS SOMBRAS NEFASTAS - Conto de Terror - Paulo Soriano

Imagem
A C A S A D A S S O M B RA S N E F AS T AS Paulo Soriano —N ã o s ã o pou c o s o s que me julg a m m o r to — d i s s e - m e V on P a ulu s . —Há t r inta a n o s q u e vivo r ec lu s o n e s ta viv e n d a , de in s ípida a r quit e tu r a , o nde n ã o h á , e m c ômodo a lgum, uma n e s ga de lu m e s e qu e r . A o c h e g a r , o s e n h or d eve t e r p e r ce bi d o , a o l ong e , que a s j a n e l a s e s t ã o to d a s f ec h ad a s . Sim! E l a s s ã o m ac i ça s , d o é b a no m a is d e n s o e r e tinto que a n a tu r e z a pode p r o p o r c ion a r , e n ã o c ompo r t a m vit r a i s . E l a s j a m a is s e a b r e m e os f e r r olh o s s ã o t od o s s old a d o s por d e nt r o. O s e n h or n ã o po d e v e r , m a s a s c o r tin a s , s ob a s qu a is a s j a n e l a s s e e s c ond e m, s ã o to d a s de um v e ludo n e g r o e es p e ss o. E u h a via c h e g