Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2022

ENGRAVIDADA PELO DEMÔNIO - Conto Clássico de Terror - Thomas Bromhall

Imagem
ENGRAVIDADA PELO DEMÔNIO Thomas Bromhall (Séc. XVII) Tradução de Paulo Soriano   Em um país chamado Marra, havia uma jovem muito bela e galante, que havia recusado vários casamentos, e mui perversamente mantinha a companhia de um espírito maligno, pelos gregos chamados cacodemônios. Engravidada pela entidade, os seus pais a constrangeram, severamente, a confessar o que se passara. A jovem respondeu que não sabia bem o que ocorrera, mas que um jovem muito bonito a procurara muitas vezes à noite e, às vezes, de dia. Os pais, embora dessem pouco crédito à filha, desejavam sinceramente saber a verdade e descobrir quem a persuadiu e seduziu àquela lascívia. Três dias depois, a aia contou aos pais que aquele que corrompeu a jovem estava, naquele instante, com ela. Tendo destrancado as portas e trazido um luminoso castiçal, entraram na alcova e viram um monstro horrendo e imundo, de uma compleição tão amedrontadora que ninguém acreditaria, nos braços de sua filha. Chamad

FRUTO MALDITO - Conto de Horror - Manoel Tenório Jr.

Imagem
  FRUTO MALDITO Manoel Tenório Jr. (1961 – 2022)   O Sol de verão descortinava a madrugada que aos poucos desfalecia em sua penumbra e o dia ganhava cores. Revoada de pássaros, com cantos distintos, orquestrava melodiosamente a sinfonia da natureza exuberante. No interior da mata, uma névoa começava a se dissipar e a luminosidade entrava entre as folhas dos cacaueiros, que agradeciam o calor do astro-rei.   Era uma pequena plantação de cacau que, anos após laborioso e incansável trabalho, dera sua primeira safra.           Tamanha façanha rural fora praticada por dois sertanejos que fugiram da desdita de mais uma seca inclemente, a qual sempre fustiga terras interioranas do Nordeste brasileiro. Pedro Ambrósio da Silva e José Custódio de Jesus haviam se conhecido na estação de trem de Água Preta, há alguns anos, e, em consórcio, decidiram enfrentar as intempéries da hileia atlântica em busca de um destino melhor. Pedro Ambrósio era um homem de estatura média e olhos azuis prof

O MONSTRO DA ANDALUZIA - Conto Clássico de Horror - Andrea Pescioni

Imagem
O MONSTRO DA ANDALUZIA Andrea Pescioni (Séc. XVI) Tradução de Paulo Soriano   Em 1563, na cidade de Jaén, Andaluzia, vivia uma senhora honesta e nobre que, em seu coração, propusera guardar a preciosa joia da continência de viúva; assim, ela e sua família viviam em grande recolhimento, ocupando-se em contínuas obras de virtude e no exercício contínuo da oração. Sendo a viúva uma pessoa venerável, era visitada por pessoas sérias e de autoridade e, em particular, por aqueles que a imitavam e seguiam seus louváveis ​​costumes; todavia quem mais continuamente a visitava em sua casa, e com ela conversava, era um padre que, na superfície, dava sinais de ser um homem de vida honesta e costumes virtuosos, mas que se descobriu, com o tempo, tratar-se de um lobo em pele de cordeiro. Assíduo naquela casa, o padre pôs os olhos numa serva daquela matrona e sua discípula em virtude. Tomado de desejo pela jovem, nele perseverou alguns dias sem ousar revelar sua vontade e intenções desle